20 agosto 2019

Aniversário?

Eu já não sabia como usar esse espaço. 

Não me recordava de seu significado e importância pra mim.

Na verdade, a vida foi me levando por caminhos que me distanciaram de quem eu era, meus sonhos me moldavam uma nova pessoa e eu sequer havia percebido.

Foi um longo processo e tem sido cada vez mais difícil, mas estou me reencontrando.

Dia desses, rodando em torno de mim, tentando identificar meu caminho, avistei aquela menina louca.

Aquela menina que grita, senta de perna aberta, puxa conversas desconfortáveis e só se sente bem se incomodar.

Ela me deu uma olhada como quem pede algo e eu me entristeci.

Caí em prantos.

Quem eu estava me tornando, afinal? Para onde eu havia caminhado?

Ela me enfiou em sua nuvem de ideias loucas e me aqueceu.

Havia me direcionado a ela, mas por este outro caminho, eu a ultrapassei.

Estou num lugar que ela nem imaginava estar.

De longe ela me sorri, ela não queria que eu voltasse, mas que eu percebesse que essas voltas absurdas me trariam para este lugar.

Ela queria que eu entendesse que a evolução é o que me pertence e eu não pertenço a lugar algum.

Eu sou líquida, eu escorro, eu desobedeço, eu me derramo naturalmente pelas pessoas, pelas coisas, pelos aprendizados.

Eu erro, eu acerto, eu erro, eu desaprendo, eu reaprendo, eu esqueço, eu descubro e carrego comigo somente o que convém.

Eu sou foda, eu sou forte, eu sou grata. 

E depois de 3 anos odiando essa data, esse será o meu primeiro aniversário em que me sentirei eu mesma. 

Não a minha versão antiga ou a minha versão ideal do futuro, mas a minha versão atual.

A minha versão REAL, a que dança, que pula, que grita, que chora, que beija e que ama. 

A única versão de mim que vive o que eu realmente preciso viver.

Feliz Aniversário pra mim 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Comentem, critiquem, elogiem, afinal aqui tudo é feito com muito carinho para vocês, e quero mesmo a opinião de todos.